Qual é o momento certo e como pedir aumento de salário?

Por CEAP Vagas, 12 de março de 2018

Este é um dos pontos que gera mais dúvidas e incertezas nos profissionais, sejam eles de quaisquer áreas ou setores. Qual é o momento certo e como pedir aumento de salário?

E os receios possuem diversas origens. A primeira delas é o medo da recusa, por parte dos superiores na empresa. Já que a pedida de aumento salarial pode acabar por abalar a relação entre o profissional e seus superiores.

Outro grande receio é sobre como negociar o aumento salarial. Geralmente, os empregadores já possuem técnicas de negociação para estas situações. Já que costumam passar por estas situações com certa recorrência.

Ao contrário dos profissionais que eles contratam, que se veem nesta situação uma vez ou outra na vida profissional.

Para esclarecer e ajudar um pouco nesta situação, que deixa muita gente aflita, preparamos este artigo. Aqui, vamos dar orientações sobre qual o momento é o melhor para pedir aumento de salário. E como avaliar se você merece, ou não, a melhoria salarial. Confira!

Como saber se mereço um aumento de salário?

Antes de pedir aumento de salário, a primeira pergunta que um profissional deve se fazer é: Mereço receber um aumento no meu salário?

Esta é uma pergunta fundamental e que, em muitos casos, depende de aspectos subjetivos para ser respondida.

Segundo pesquisa realizada no ano de 2015, pela consultoria em recursos humanos Robert Half, a decisão da empresa, em conceder aumento salarial a um profissional se baseia em alguns aspectos.

A conduta profissional, sendo colaborativo e bom, no trabalho em equipe, foi vista por 43% dos empregadores entrevistados como motivo principal para o aumento de salário.

Já para 36% as competências técnicas e os resultados mensuráveis alcançados pelo profissional, foram os motivadores do aumento. 30% avaliou a estabilidade e lealdade do profissional, junto à empresa, foi o aspecto preponderante.

Por isso, ao pedir aumento de salário, um profissional deve fazer uma autocrítica das suas ações e resultados alcançados na empresa.

Avalie as suas ações nos últimos seis meses na empresa

Uma boa forma de mensurar estes aspectos e fazer tal avaliação de seu próprio desempenho, é considerar os feitos alcançados nos últimos seis meses.

Em quantos projetos você participou? Qual o faturamento a empresa alcançou, por conta de seus projetos? O quanto você dedicou ao sucesso da empresa?

Estas são perguntas que devem ser feitas e respondidas por cada profissional, antes de pedir aumento de salário. Isso porque elas irão direcionar e tornar mais assertivo o caminho da conversa oficial, no momento do pedido de aumento salarial.

Se os seus feitos na empresa, nos últimos seis meses, forem notáveis de fato, é um grande indicativo de que realmente, você merece um aumento em seu salário.

E, se o seu chefe ou superiores, vale a pena relembrá-los, em uma conversa oficial e privada. A valorização do profissional, refletida em seu salário, é mais provável de ocorrer nestas situações.

Compare o seu salário com o mercado

Outra forma de avaliar quando chegou o momento de pedir aumento de salário, é avaliar os salários de profissionais na mesma função, mas em outras empresas.

Isto irá lhe dar uma ideia de o quanto seu salário pode estar defasado, em relação ao mercado.

Geralmente, as empresas costumam realizar tal acompanhamento e correção salarial de seus funcionários. Isso para não perder os valores humanos e profissionais especializados, para outras empresas.

Porém, caso isto não tenha ocorrido e a sua remuneração esteja menor que a média do mercado, talvez tenha chegado a hora de pedir aumento de salário.

Se houver tal possibilidade, agende um momento oficial para realizar tal requisição aos seus superiores, apresentando os dados levantados do mercado.

Qual a melhor forma de pedir aumento de salário?

Sem dúvidas, o momento de solicitar um aumento salarial não é dos mais fáceis. Tanto para empregados, quanto para empregadores. É uma conversa que deve ser tratada com frieza e tecnicidade por ambas as partes.

Porém, nem todos estão automaticamente preparados para isso.

Por isso, o recomendável é sempre dedicar um momento e local para tal discussão. Nem pense em parar seu chefe no corredor, ou no espaço do cafezinho, para conversar sobre este tema.

Da mesma forma, evite criar momentos pessoais, como um convite para almoço ou no famoso happy hour, para ter esta conversa.

É preciso que seja um momento formal, em que ambos estejam calmos, porém assertivos sobre os pontos que serão levantados na negociação.

Outra dica é evitar os momentos de maior estresse, sejam eles pessoais ou profissionais, de seu superior, para fazer o pedido.

Isto porque, nestas situações, o julgamento de seu superior, a respeito do pedido de aumento de salário, poderá ser negativamente enviesado, em função do estado psicológico alterado.

Não se apresse em pedir aumento de salário após um projeto finalizado

Esta é uma dica importante, oferecida pelo especialista em mercado de trabalho, Max Gehringer. O ideal, é esperar alguns dias ou semanas, após a finalização de um projeto bem-sucedido, no qual o profissional se destacou.

Isto porque a empresa já pode estar pensando em valorizar os profissionais que participaram do projeto e um pedido apressado poderá ser malvisto. Bem como é preciso dar tempo para os superiores da empresa avaliarem o projeto e participação de cada profissional nele.

Negocie e saiba lidar com as negativas

É fundamental estar preparado para negociar os valores na hora de pedir aumento de salário. Em muitos casos, esta negociação se dará por mais de uma reunião sobre o tema.

Evite trazer à mesa de negociações aspectos pessoais, para justificar o aumento salarial. Levante os motivos pelos quais merece o aumento de salário e como a empresa irá se beneficiar, ao investir mais em você, enquanto profissional dela.

Nem sempre, o aumento será no salário. Por vezes, serão oferecidos aumentos em outros aspectos que compõe a remuneração. Como valor de adicionais, vale alimentação ou participação nos lucros.

Avalie se os valores atendem ao que você deseja, lembrando-se que salário não é composto apenas pelo valor descrito em contrato ou em carteira de trabalho. Já que, para a empresa, os custos de um profissional vão além deste valor.

Como conduzir a conversa?

Procure conversar de modo polido, assertivo, porém formal. Sempre mantendo o respeito pela pessoa do outro lado da mesa e tentando se colocar no lugar da empresa, para avaliar como conduzir a negociação ao seu favor.

Não se estresse e se a proposta de aumento não agradar, ou mesmo não vier. Caso o pedido seja negado, procure compreender os motivos da recusa e como você poderá, a partir daquele momento, melhorar o seu trabalho, para fazer jus ao aumento de salário desejado.

Não tenha receio de pedir aumento de salário. Este é o momento no qual o profissional busca autovalorização e as empresas estão preparadas para lidar e avaliar tais situações.

 

Fonte: https://webinsider.com.br/como-pedir-aumento-de-salario/